Como é a recuperação da cirurgia na coluna?

Como é a recuperação da cirurgia na coluna?

Os cuidados que o paciente deve tomar antes e depois do procedimento cirúrgico refletem diretamente na recuperação da cirurgia.

Independente do motivo que leva esse paciente a precisar de uma cirurgia, a necessidade de cuidados pré e pós operatórios são importantes.

Assim, seguindo as orientações do médico responsável, o procedimento acontecerá tranquilamente e tem muito mais chances de ter sucesso.

Pensando nisso, trouxemos neste artigo os principais cuidados pós-operatórios que vão garantir uma satisfatória recuperação cirúrgica.

Cuidados para uma melhor recuperação de cirurgia na coluna

Enquanto os cuidados pré-operatórios garantem que o paciente estará preparado para o procedimento e que o mesmo acontecerá sem contratempos, os cuidados pós-operatórios são responsáveis por garantir que o procedimento terá o resultado esperado.

Eles ajudam na recuperação da qualidade de vida do paciente e na recuperação plena. Elencamos abaixo as principais características deste momento. Confira:

Cuidados pós-operatórios de uma cirurgia na coluna

Após a alta hospitalar, é preciso seguir as orientações do médico-cirurgião e prestar atenção aos aspectos que apresentamos abaixo:

O paciente precisa mudar a alimentação? E o uso de álcool e cigarros?

Após a cirurgia, é muito importante que o paciente mantenha uma dieta balanceada e com uma fonte adequada de proteínas, frutas e verduras. É indicado ingerir entre 1,5 a 2 litros de água por dia para manter a hidratação.

Quanto ao uso de álcool, é imprescindível que o paciente abstenha-se do uso por, pelo menos, 6 meses após a cirurgia. O álcool pode aumentar o risco de infecção cirúrgica, o que atrapalha o ciclo de recuperação. O mesmo vale para o cigarro.

E quanto aos remédios de uso contínuo?

Os pacientes que usam medicamentos de uso contínuo devem seguir as instruções do médico responsável pelo tratamento para retomar o uso. Antes de qualquer decisão nesse contexto, o paciente deve passar por revisões com a equipe médica.

Como o paciente se sentirá fisicamente? Será preciso algum exercício?

É comum que o paciente experimente dificuldade para dormir no período pós-operatório. O incômodo pode durar alguns dias ou semanas. Nesses casos, o paciente pode sentir a necessidade de pedir medicamentos específico para a insônia.

O exercício físico no período pós-cirurgia é muito importante. Atividades recomendadas são caminhadas diárias e curtas. Devem ser realizadas considerando sempre a tolerância à dor, a condição física do paciente e o tipo de procedimento.

Mesmo sentindo dor, o ideal é que o paciente não fique na mesma posição o tempo inteiro e nem que fique imóvel. O uso adequado de analgésicos reduz as dores desse período, contribuindo com a melhora da qualidade de vida do paciente.

A fisioterapia e outros tipos de terapia podem ser recomendadas, desde que a equipe médica acredite ser necessário para a recuperação do paciente. É importante ressaltar que, mesmo que o paciente realize procedimento minimamente invasivo, nos quais a recuperação é, teoricamente, mais rápida, cuidados adicionais podem ser necessários.

Recuperação de procedimentos em locais específicos da coluna

Embora os cuidados pós-operatórios da cirurgia da coluna sejam parecidos, existem algumas diferenças se falarmos em procedimentos realizados na coluna cervical, torácica ou lombar-sacra. São eles:

Cirurgia na coluna cervical

Cuidar com a movimentação do pescoço, buscando subir escadas lentamente e sem fazer movimentos bruscos. Evitar levantar objetos pesados e não dirigir durante as duas primeiras semanas.

Dependendo da natureza do procedimento, o médico pode recomendar o uso de um colar cervical.

Cirurgia na coluna torácica

É indicado fazer pequenas caminhadas, mas sempre evitando rampas, escadas e pisos irregulares. Evitar ficar sentado por mais de uma hora e não dirigir entre as 4 e 6 primeiras semanas após o procedimento.

Pode ser recomendado o uso de colete ortopédico.

Cirurgia na coluna lombar-sacra

Pequenas caminhadas, evitando rampas, escadas e pisos irregulares são indicadas a esses pacientes. O uso de apoio lombar específico ao sentar, mesmo no banco do carro, podem proporcionar um conforto adicional.

Não é indicado ficar mais de uma hora na mesma posição e é preciso evitar dirigir nas 4 a 6 semanas pós procedimento. Também pode ser recomendado o uso de colete ortopédico.

Cuidados com a cicatrização

Além de todos os cuidados, é preciso que o paciente tenha, também, atenção à cicatrização. Ela é parte importante de uma recuperação plena.

Para que não haja nenhum problema, é indicado um banho diário com higiene adequada após a retirada do curativo. Até a retirada dos pontos, o médico pode recomendar o uso de sabonete com PVPI (ou clorexidina) para evitar infecções.

A cicatriz pode necessitar de cuidados específicos nesse período conforme orientação do médico. Se houver alteração de cor ou se for observada eliminação de secreção, o médico deverá ser consultado imediatamente para orientações específicas.

Seguindo todos esses passos, temos certeza de que a recuperação da cirurgia na coluna será um sucesso. Agora, se você tem mais alguma dúvida sobre os cuidados pós-operatórios, pode entrar em contato conosco e agendar uma consulta.

A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO CORRETO

Não substitua a consulta médica presencial

Por mais que seja tentador encontrar as respostas para sua dor na internet, alertamos que nenhuma informação deste portal, e de qualquer outro, substitui o diagnóstico feito por um médico. As dores nas costas podem não ser sintomas isolados, mas fazer parte de uma série de sintomas que apenas um profissional especializado conseguirá entender e diagnosticar.

Lembre-se: sua coluna não se comunica sozinha.
home-drfabio

DR. FABIO DOS SANTOS

CREMERS 17845

Médico Neurocirurgião, mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul com foco em Cirurgia de Coluna Vertebral e Tratamentos Minimamente Invasivos na Coluna… Saiba mais.

COMPARTILHE ESTE POST

LEIA TAMBÉM: